Geral Invasão de residência e assalto em ônibus urbano em Araranguá, e prefeito de Turvo anuncia aumento à servidores e investimento de R$ 30 milhões em 2024

Invasão de residência e assalto em ônibus urbano em Araranguá, e prefeito de Turvo anuncia aumento à servidores e investimento de R$ 30 milhões em 2024

01/02/2024 - 11h01

Registro de dois fatos sobre segurança pública em Araranguá que chamam a atenção. Na manhã de hoje, ouvinte Clésio Lagoa, registrou que houve um assalto dentro do ônibus urbano de Araranguá. Já a ouvinte Márcia Rocha Abatti, registrou que sua casa foi invadida por um ladrão, que por volta das 3 horas da madrugada o mesmo desligou o disjuntor, arrombou uma janela e entrou na sua residência. Ela, o esposo e um neto, estavam no andar superior e acordaram com os latidos do cão da família e desceram no escuro.

Tranquilo

Segundo o relato, o ladrão se sentiu à vontade, porque comeu e bebeu, e depois saiu levando a televisão da cozinha. Definitivamente Araranguá não é mais a mesma, mesmo com o trabalho incessante das policias Civil e Militar.

Aumento

O prefeito de Turvo Sandro Cirimbéli anunciou ontem o aumento salarial dos servidores públicos municipais. O índice aplicado foi de 3,71%, correspondente ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) acumulado no ano anterior. O reajuste já está calculado para ser implementado na folha de pagamento referente ao mês de janeiro.

Na câmara

Sandro, também repassou a informação que irá a câmara na primeira sessão deste ano, para apresentar um projeto, que vai melhorar ainda mais o salário dos servidores. O prefeito argumenta que servidor bem pago é servidor que trabalha bem e que também pode ser cobrado, por um serviço melhor.

Acelerador

Na manhã de hoje o prefeito anunciou em entrevista à Rádio Araranguá que vai tocar o último ano de sua administração com o pé no acelerador. Anunciou investimentos da ordem de R$ 30 milhões em obras até o final deste ano. O prefeito destaca que a arrecadação de Turvo, gira em torno de R$ 5 milhões por mês, mas que conseguiu poupar durante seu mandato e que será possível fazer o investimento.

Mudança

A Câmara de vereadores de Araranguá deve apresentar mudanças nas cadeiras, já neste início do último ano desta legislatura. O vereador Jair Anastácio do PT vai abrir espaço para que o Conhecido Da Cruz, assuma sua cadeira na casa. No PDT, o vereador Diego Pires estuda a possibilidade de abrir espaço para o professo Daniel Bronstrup, retornar a casa. Mas será preciso que um suplente antes, abra mão de assumir.

Apresenta

Por falar em Diego Pires, ele vai protocolar nos próximos dias sua proposta de eleição para presidente da câmara com mandato de um ano, e não de dois anos como é hoje. Diego parte do princípio que um ano é suficiente para exercer a presidência, e que abrira espaço para quatro presidentes em cada ano e não dois em quatro anos.

Acordo

No início desta legislatura foi preciso um acordo, envolvendo partidos políticos, que quase não se cumpriu. O primeiro presidente, Diego Pires, renunciou no final do primeiro ano para que Jair Anastácio assumisse. No final da gestão de Jair, houve eleição com a manutenção do acordo, quando Luciano Pires foi eleito presidente, com Márcio Tubinho de Vice. No final do mandato de Luciano Pires, ele renunciou e Rubinho assumiu. Mas na eleição, se não fosse o vereador Samuca assumir compromisso e votar com o grupo, o acordo poderia não ter sido cumprido.

Novos tempos

Diego Pires parte do princípio que a política está mudando e que a palavra empenhada precisa ser cumprida. Assim, quatro eleições e quatro presidentes numa legislatura, não seria problema na visão do vereador, que não será mais candidato a vereador.

Contra

Mas o projeto já nasce com uma posição contrária. O presidente da casa, Marcio Tubinho, já disse no programa Dia a Dia ser contra a medida. Ainda não se tem uma abordagem mais segura para afirmar com certeza, mas o projeto enfrentará dificuldades de aprovação.

Lembrado

Um ouvinte e internauta que sempre nos acompanha nas manhãs da Rádio Araranguá, me lembra que teve mais um vereador que não votou no aumento de salários dos vereadores e do presidente na câmara do Arroio do Silva. Vanderlei de Souza, o Lei do Mar Azul, não votou, porque não está na casa, uma vez que ocupa hoje a secretaria de Obras. Mas já teria confidenciado a mais chegados que seria contrário ao aumento, nos percentuais que foi aprovado.

Visibilidade

Com o trabalho que vem fazendo na secretaria de Obras, Vanderlei de Souza está tendo a visibilidade necessária para dar continuidade a vida pública. Ele é um dos nomes mais cotados para ser o vice de Evandro Scaini nas próximas eleições municipais.

Pode mudar

Por falar em Evandro Scaini, ele tem recebido assédio de alguns partidos políticos para mudar de sigla. Mas até agora, permanece onde está. O prefeito está focado em fazer uma administração de excelência e nas próximas eleições municipais. Mas em caso de decidir ser candidato a deputado estadual, a mudança de partido pode acontecer.