Geral Município de Santa Rosa do Sul mobiliza esforços contra a Dengue: autoridades e Exército unem-se em ação de conscientização

Município de Santa Rosa do Sul mobiliza esforços contra a Dengue: autoridades e Exército unem-se em ação de conscientização

19/04/2024 - 10h22

Em resposta ao aumento preocupante nos casos de Dengue na região, a cidade de Santa Rosa do Sul, tomou medidas para conter a propagação da doença. Autoridades municipais, estaduais e o Exército Brasileiro uniram forças em uma ampla ação de conscientização e fiscalização, visando combater os focos de transmissão do vírus.

Em entrevista exclusiva concedida ao programa Dia a Dia, da Rádio Araranguá, o coordenador da Defesa Civil de Santa Rosa do Sul, Igor Pereira, compartilhou os detalhes dessa iniciativa crucial. “Devido ao aumento alarmante dos focos de Dengue em nosso município, optamos por decretar situação de emergência e mobilizar esforços para conter a propagação da doença”, declarou Pereira.

A ação coordenada envolveu diversos segmentos da sociedade, incluindo órgãos de segurança do Estado e o Exército Brasileiro, resultando em uma operação de impacto para conscientizar a população sobre a importância das medidas preventivas contra a Dengue. Pereira ressaltou a gravidade da situação, informando que atualmente há 47 focos ativos da doença na cidade, com aproximadamente 32 pessoas sob suspeita e quatro casos já confirmados.

“É alarmante a quantidade de recipientes que podem acumular água e servir como criadouros do mosquito transmissor da Dengue. Locais como borracharias, depósitos de materiais de construção e áreas com objetos recicláveis são particularmente propensos a se tornarem focos de proliferação”, alertou o coordenador da Defesa Civil.

Os esforços não foram em vão, como destacou Igor, observando um aumento perceptível na conscientização da população nos dias seguintes à operação. “Notamos um impacto significativo da ação, com um aumento no descarte correto de lixo nos dias seguintes. No entanto, ainda há um desafio em conscientizar a população sobre a gravidade da Dengue antes que a doença afete diretamente suas vidas ou a de seus entes queridos”, acrescentou.

O coordenador enfatizou a importância do engajamento de todos os cidadãos na luta contra a Dengue. “Se cada pessoa dedicar apenas 15 minutos por semana para eliminar possíveis criadouros do mosquito, podemos reduzir significativamente a incidência da doença em nossa comunidade. Precisamos do comprometimento de cada indivíduo para vencer essa batalha contra a Dengue”, concluiu.