Geral Municípios da Amesc não contribuem para o Serviço Aeromédico

Municípios da Amesc não contribuem para o Serviço Aeromédico

29/11/2022 - 16h30

Por meio de licitação foi conhecida nesta segunda-feira (28) a empresa que administrará o Serviço Aeromédico (Sarasul) para o próximo ano. Atualmente, o serviço de responsabilidade do Consórcio Intermunicipal Multifinalitário da Associação dos Municípios de Região Carbonífera (CIM-AMREC), está operando em contrato emergencial com o Instituto Harmone, depois que a OZZ Saúde desistiu do serviço em maio deste ano.

Duas empresas apresentaram propostas, a Henri no valor de R$ 129 mil por mês, e o Instituto Harmone no valor de R$ 150 mil reais por mês. Conforme o presidente do CIM-AMREC e prefeito de Cocal do Sul, Fernando De Fáveri, foi dado um prazo de 48 horas para que a empresa vencedora, neste caso a que realizou a proposta de menor valor, apresentasse negativas de débitos, capacidade técnica e a capacidade de suporte aeromédico, para que seja homologada como nova prestadora do serviço.

O SAER-Sarasul atende os municípios do Sul de Santa Catarina, porém segundo Fernando, somente as regiões da AMREC e AMUREL estão contribuindo. “O consórcio cobra dos municípios o rateio dos custos de forma per capita, e paga a empresa conforme o contrato. No primeiro ano do SAER somente as cidades da AMREC pagaram, neste ano a AMUREL está contribuindo.  De todos os 45 municípios que são atendidos, somente a região da AMESC não contribui com o pagamento”, destaca o presidente.

Conforme Fernando, a grande maioria dos prefeitos da AMESC são favoráveis ao pagamento. “Já entramos em contato com os prefeitos, porém não se chega a um denominador comum. A conta nós continuamos pagando, e é claro não deixaremos de atender o extremo sul, por conta do não pagamento deles. A população não tem culpa disso. O valor chega ser irrisório quando se divide. Quanto vale uma vida? Quanto vale um salvamento? Acredito que eles devam repensar e trabalhar de forma conjunta e harmônica com os municípios da AMREC e AMUREL”, finaliza.