Segurança Servidor da prefeitura de Araranguá, preso ontem por facilitação de fuga de detento, pagou fiança de R$ 15 mil e foi solto ontem mesmo

Servidor da prefeitura de Araranguá, preso ontem por facilitação de fuga de detento, pagou fiança de R$ 15 mil e foi solto ontem mesmo

20/07/2023 - 10h03

Foi preso na manhã dessa quarta-feira, 19, um servidor com cargo comissionado da prefeitura de Araranguá, por facilitação de fuga de detento. O servidor atuava na coordenação dos trabalhos dos detentos que tem autorização para sair e trabalhar na limpeza de ruas em Araranguá. O delegado Jair Pereira Duarte já vinha investigando algumas ações irregulares do servidor em benefício de alguns detentos. Também deixou claro que recebeu do prefeito Cesar o pedido de investigação, além da colaboração com as investigações.

Demitido

Ainda na manhã de ontem, após a prisão, o servidor foi demitido pelo prefeito. A tarde houve uma entrevista coletiva, onde a situação foi esclarecida pelas polícias Civil e Militar e Procuradoria geral do município. 

Pagou fiança

Mas, segundo informação que recebi na manhã de hoje e que foi confirmada pelo delegado Jair Pereira Duarte, em entrevista ao programa Dia a Dia, o servidor em questão, cujo nome, todos sabem, mas não pode ser mencionado pela polícia e muito menos divulgado, pagou a fiança de R$ 15 mil e já dormiu em casa de ontem para hoje.

Morro Grande

O próximo domingo será de encontro de Bike em Morro Grande. É uma promoção da prefeitura municipal, através da secretaria de Esportes e Cultura, Geoparque da UNESCO Caminhos dos Cânions do Sul e Curió Motos e Bikes. O evento chega na segunda edição prometendo trajeto de 42 km, com elevação de 270 metros e visitação, de cachoeira. O trajeto tem a previsão de 3hs de prova. Os participantes receberão medalha pela presença e sorteio de brindes. A saída está prevista para às 8h30min, em frente à Igreja Santa Cruz. Você pode fazer sua inscrição pelo (48) 99736962. Mais informações no @comturmorrograndesc e @curiomotosebikes.

Moção

Uma moção de apoio aos praças da Polícia e Bombeiros Militar foi aprovada na sessão de ontem na câmara de vereadores de Araranguá. A moção, de autoria do vereador e presidente Luciano Pires é em apoio as reivindicações relativas ao Sistema de Proteção Social dos Militares (adequando a norma estadual a Lei Federal 13.954/2019); Grau acima (Que seja devolvido aos praças que já haviam adquirido este direito); Reposição das Perdas Inflacionárias (Os militares estaduais estão com uma defasagem em sua reposição salarial de 8 anos entre 2013 e 2021 simplesmente não foi reparado as perdas causadas pela inflação neste período); A Definição de uma data base (os militares estaduais não tem uma data anual definida para que os governos reponham as perdas e se possível concedam algum reajuste); Cumprimento da Lei Complementar Estadual 254/2003 (essa lei aprovada em 2003 até hoje não foi cumprida).

Feira e Arraiá

A feira de produtos da terra, que se realiza aos sábados no Arroio do Silva na estação rodoviária, terá também um Arraiá, no próximo sábado. Além dos produtos direto do produtor, a feira também terá, pipoca, pé de moleque, cachorro quente, pescaria e cama elástica. O melhor é que tudo terá o preço único de dois reais. A feira e o Arraiá deste sábado, serão das 7h30min às 11h30min.

Bom entrosamento

O bom entrosamento entre as Polícias Civil e Militar e Ministério público em Araranguá, tem levado a um excelente trabalho na resolução de crimes. A Polícia Civil faz a investigação, a Policia Militar colabora, e por vezes, é quem faz a prisão, e o Ministério Público avaliza ações que têm resultado na prisão de criminosos que cometem crimes contra a vida. Os furtos, também tem tido a devida atenção das polícias, mas as prisões acabam sendo temporárias, o que gera insatisfação nos cidadãos de bem.

Explicitou

O delegado Jair Pereira Duarte, explicitou o bom entrosamento, ao afirmar que “Em nenhuma região onde já atuei, presenciei um entendimento tão grande como aqui na AMESC”, afiançou. É bom saber que existe entendimento, porque nem sempre foi assim. Polícia Civil, Polícia Militar e Ministério público atuando juntos significa benefício aos cidadãos de bem. Penas que por vezes as leis vigentes no país atrapalhem bastante a prisão de criminosos. Votar em quem apresenta proposta de mudar as regras do jogo em relação a crime, pode ser a saída.