Política Turfa Fértil quer salvar a Lagoa do Caverá, Thiago Zilli entrega R$ 9 milhões em emendas a municípios de nossa região, R$ 6 milhões para Araranguá

Turfa Fértil quer salvar a Lagoa do Caverá, Thiago Zilli entrega R$ 9 milhões em emendas a municípios de nossa região, R$ 6 milhões para Araranguá

17/06/2024 - 11h05

O diretor da Turfa Fértil Everaldo Luiz Pasini, afirmou com todas as letras na manhã de hoje que a empresa quer salvar a Lagoa do Caverá e que tem trabalhado neste sentido. Durante entrevista à Rádio Araranguá ele e o assessor jurídico da empresa, Aldir Sonaglio, deixaram claro que a empresa vem empreendendo luta para normalizar o nível de água da Lagoa do Caverá e desassorear o rio Sangradouro, que a interliga com a Lagoa da Serra.

Sem licença

Segundo a empresa, a dificuldade é conseguir as licenças ambientais junto ao IMA. O instituto só aceita liberar o desassoreamento do Sangradouro e da lagoa, com a apresentação de um estudo de impacto ambiental. O problema é que o estudo, além de alto custo, levaria algo em torno de dois anos para ficar pronto, tempo que a lagoa não tem para esperar.

Disposta

A Turfa Fértil, tem interesse em salvar a lagoa e o nível de água dela, não importa e não atrapalha a retirada da turfa. A empresa alega que antes de vazar a água da turfa para o sangradouro, existem bacias de decantação e que apenas 2,5 % de impurezas acaba passando. O material que fica no fundo é matéria prima que a empresa utiliza para um subproduto que também é vendido no mercado brasileiro.

Provocação

A empresa também já teria feito uma provocação ao Ministério Público Federal para que fosse condenada a desassorear o sangradouro, pois seria uma ordem judicial, que não dependeria de licença ambiental ou estudo. A resposta foi negativa, uma vez que, mesmo judicialmente o IMA teria que liberar o trabalho.

Custo

A empresa fez um levantamento em relação aos custos de um estudo de impacto ambiental, licenças e o trabalho em si, teria um custo estimado em R$ 2 milhões. Mas o custo, não incluiria a Lagoa do Caverá, somente o Sangradouro.

Complexo

Como se pode observar, o problema é sério e complexo, pois depende de muitas condicionantes para ser resolvido e se não houve uma força tarefa com muito comprometimento, vamos mesmo perder a Lagoa do Caverá, conforme sentenciou o seu José Gonçalves Elias, morador do entorno da lagoa e que luta desde 2005 para salvá-la.

Migração

Com as chuvas e cheia retornando a algumas cidades no Rio Grande do Sul, famílias continuam a chegar em Santa Catarina. Dados da AMESC divulgados na última sexta feira demonstra que mais famílias chegaram a nosso Estado e a municípios de nossa região. No Balneário Arroio do Silva mais 34 famílias e somaram as 18 que já haviam chegado. Em Balneário Gaivota mais duas famílias chegaram e se somaram as 199 que já estavam no município. Em Passo de Torres mais duas famílias chegaram e se somaram as 66 que já estavam no município. Em Turvo mais uma família chegou e agora já somam 10 famílias que migraram do rio Grande do Sul para Santa Catarina.

Hoje

Ficou para hoje a reunião na ACIVA onde a entidade retoma a luta pela permanência da agência da Receita Federal em Araranguá. A reunião está marcada para às 16 horas na sede da ACIVA.

Recapitulando

Só para relembrar, o atendimento presencial da Receita Federal em Araranguá está novamente ameaçado. Através da portaria Nº 686, de 29 de agosto de 2023, editada pela portaria Nº 734, de 26 de dezembro de 2023, o atendimento será suspenso a partir de 31 de dezembro de 2024. A reunião de hoje às 16 horas na sede da ACIVA, servirá para que entidades, políticos e a sociedade possam definir estratégias para evitar o fechamento.

Emendas

A importância de ter representantes políticos de nossa região comprometidos com nossos problemas e aflições, ficou claro na última sexta-feira, quando o deputado estadual Thiago Zilli entregou emendas de seu mandato ao prefeito Cesar Cesa.

Valores

Ao todo, foram entregues R$ 9 milhões em emenda parlamentar do deputado Thiago Zilli para municípios de nossa região. Somente para Araranguá as emendas somaram R$ 6 milhões.

Projetos

Ao agradecer ao deputado a atenção com Araranguá, o prefeito Cesar Cesar já anunciou onde os recursos serão aplicados. Segundo o prefeito, os recursos serão aplicados em pavimentação de vias urbanas e rurais, R$ 1.500.000,00, pavimentação do acesso sul ARA-248 (trecho I) no bairro Santa Catarina: R$ 2.500.000,00 e pavimentação do acesso sul ARA-248 (trecho II) no bairro Santa Catarina: R$ 2.000.000,00. Os R$ 6 milhões entregues ao prefeito Cesar, é o maior valor em emendas parlamentares entregues por um deputado de uma única vez para a cidade de Araranguá.

Outros municípios

Os demais municípios de nossa região que receberam emendas foram: Jacinto Machado R$ 1,2 milhão para infraestrutura, São João do Sul, R$ 500 mil, Sombrio, mais R$ 1,2 milhão, e Morro Grande R$ 500 mil.

Políticos

Vale ressaltar que se tratando de políticos, muitos discursam, falam, prometem, tentam disfarçar, mas defendem apenas seus próprios interesses. Outros são mais objetivos, presentes e realmente destinam verbas, apontam obras e ajudam a realizar.